Buscar
  • Dra. Deise Miola

Certificação Ambiental e Marketing Verde.

Empresa amiga do meio ambiente, ecologicamente correta, sustentável, green, verde, “eco-friendly”. Esses títulos são cada vez mais comuns em propagandas e fazem parte do chamado Marketing Verde. Essa estratégia visa aumentar a rentabilidade de uma empresa por meio da exploração de uma imagem ambientalmente responsável. Muitas vezes, selos de qualidade e certificação ambiental, como os da série ISO 14.000, são impressos nos produtos ou exibidos associados aos serviços que se pretende vender.


Uma empresa normalmente só recebe um certificado ambiental depois de cumprir uma série de exigências e se adequar a normas padronizadas internacionalmente. Os investimentos para a implantação do sistema e aquisição do certificado normalmente são altos e demandam um bom gerenciamento interno. Por esse motivo, as micro e pequenas empresas encontram dificuldades no processo de certificação.


As certificações ambientais, além de estratégias de marketing, são consideradas boas ferramentas para diminuir os impactos das atividades humanas sobre os recursos naturais. As vantagens estão relacionadas à definição de uma política ambiental a ser adotada, a qual deve refletir o comprometimento dela com a prevenção da poluição e busca da melhoria contínua.


As empresas que adotam um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) e buscam a certificação normalmente diminuem desperdícios e melhoram seu desempenho ambiental, o que reflete, frequentemente, no aumento dos lucros. Outra vantagem além da diminuição dos gastos operacionais é a identificação e a prevenção dos riscos ambientais a que a atividade está sujeita. Por meio de uma ação preventiva, muitos prejuízos ambientais e econômicos são evitados ou reduzidos.


Os benefícios ambientais e econômicos da adoção de um SGA são muitos. Além da diminuição dos impactos sobre o meio ambiente, controle da poluição, eliminação do desperdício, redução dos custos de produção, aumento da lucratividade, melhoria das condições de trabalho, previsão e redução dos riscos, dentre outros, as empresas com um SGA eficiente e certificadas ganham competitividade no mercado internacional.


Optar por consumir produtos ou utilizar serviços de empresas certificadas é uma das atitudes que tendem a valorizar ainda mais o processo de certificação ambiental. Quando uma empresa não certificada perde mercado para uma outra “ecologicamente correta”, aumenta-se a pressão para que condutas ambientalmente responsáveis se tornem cada vez mais comuns. O consumidor tem um papel primordial nesse sentido, pois é justamente no ato da compra que essa seleção ocorre.






22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo